Na Política

Biblia Online

22/09/20 | 07:19h (BSB)

Feiras Livres: Emília denuncia a falta de estrutura e condições de trabalho

Ampliar Foto

Foto: Ascom

pós receber várias denúncias, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) fiscalizou, no último sábado, 19, a situação dos feirantes que comercializam, especificamente, nos bairros Santo Antônio e 18 Forte. Mau cheiro ocasionado devido o esgoto a céu aberto no mesmo local em que estão expostos os alimentos e aumento no valor dos aluguéis das barracas, foram algumas das reclamações.
 
“Não foi uma, nem duas, foram inúmeras reclamações, que vão desde o aumento do valor das bancas de R$15 para R$25, até as péssimas condições das bancas, de trabalho e higiene do local. Estive pessoalmente, e é lamentável. As pessoas sem as mínimas condições de trabalhar. Praticamente com os pés no esgoto. E no inverno essa situação ainda se agrava”, declarou a vereadora.
 
Sobre os aumentos nos aluguéis das barracas, Emília disse que muitos feirantes alegaram que o faturamento está sendo basicamente para pagar os aluguéis. “Muitos fizeram questão de frisar que não estão conseguindo fazer direito o atual valor cobrado pelos aluguéis das barracas, já que ainda precisam pagar frete, na maioria das vezes. Principalmente agora, que aumentar, muitos estão sem saber como vai ser”, pontuou. 
 
Segundo a líder da oposição, o objetivo da licitação das feiras, foi em prol de melhorias, da segurança, higiene e comodidade para os que os comercializam e os consumidores da grande Aracaju, mas isso não é o que está acontecendo. “Foi um processo tão burocrático para ter essa licitação. Divulgaram e disseram tanto que muita coisa iria mudar. Na teoria tudo se faz, tudo se resolve, mas na prática, vemos que as coisas permanecem do mesmo jeito, basta arregaçar as mangas e contatar de perto”, afirmou.

Da Ascom



29-11-2020
 

 

 

Resultados - Eleições

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter