Na Política

Biblia Online

07/04/21 | 05:54h (BSB)

Zezinho Sobral diz que todos os pleitos por imunização são importantes

líder do governo, deputado estadual Zezinho Sobral (PODE) participou da sessão remota da Assembleia Legislativa, na manhã dessa terça-feira (06), para defender que todos os pleitos feitos pelos colegas parlamentares para imunização de segmentos da sociedade com a vacina contra a COVID-19 são importantes. Ele pontuou que os deputados devem trabalhar em conjunto para criar um ambiente de paz para a sociedade.

Temos todos que nos unir para criar um clima de estabilidade, com cuidado e zelo, para que a gente possa sim atender a todos os pleitos. Temos que transmitir o maior equilíbrio possível e até verificar aquilo que vamos passar adiante, ou seja, tem que fazer sim a crítica, mas tem que ter certeza do que está tratando. Todos os pleitos por imunização que recebemos são importantes, são fundamentais”, comentou Sobral.

O deputado disse ainda que já está transmitindo os apelos para a secretária de Saúde e que existe uma expectativa que o feriado da Semana Santa tenha um efeito muito menor do que tivemos no Carnaval, e que até o final de abril o número de infectados e de óbitos começará a cair novamente. “Precisamos ter uma responsabilidade grande sobre aquilo que abordamos aqui. Pandemia é algo muito sério”.

Sobre o processo de imunização das Forças de Segurança Pública, Zezinho Sobral explicou que, das 81 mil doses que chegaram na semana passada via Ministério da Saúde, apenas 499 estão direcionadas para as Forças de Segurança, ou seja, o restante é para a segunda dose dos idosos e dos profissionais de Saúde que estão na linha de frente. “Entendo e concordo com o pleito do colega deputado Capitão Samuel de incluir a Polícia Penal neste grupo das Forças de Segurança”.

Nós tivemos uma reunião e o quantitativo em questão é de 8 mil a 8,5 mil. 499 doses era muito pouco e o governo tomou a decisão de somar e usar as 1.050 doses que estavam no estoque estrategicamente para suprir uma emergência. Lembrando que não basta tomar a primeira dose, é preciso também respeitar o prazo e tomar a segunda dose. E para isso é preciso existir uma previsibilidade”, pontuou o líder do governo.

Zezinho enfatizou ainda que as demandas sobre as pessoas com Síndrome de Down equivalem a cerca de 600 e que é passível de serem contempladas, como também pontuou a cobrança que recebeu dos bancários, dos motoristas de ônibus, dos autistas. “Todos são prioritários e nós não podemos entrar em uma briga. Sobre a Maternidade do Hospital Universitário conversei com os concursados e sabemos todos da necessidade dessa contratualização. Integramos essa luta e vamos seguir buscando”.

Patrimônio Cultural e Imaterial

Zezinho também agradeceu aos colegas deputados pelo reconhecimento de seu projeto de lei, aprovado semana passada, que declara como Patrimônio Cultural e Imaterial de Sergipe a Casa de Farinha e o processo de produção desde o plantio da mandioca. “Fiquei muito feliz porque a nossa intenção é de prestar uma homenagem ao produtor de farinha que alimentou seus filhos e compartilhou a produção com a família. O Estado reconhece essa importância, numa relação muito positiva para a segurança alimentar”.

Da Alese



11-05-2021
 

 

 

Resultados - Eleições

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter